Pular para o conteúdo

Aldo Gandolfi Jr. homenageado como Personalidade ABRAFATI

No último dia 10 de dezembro, durante o jantar de confraternização da ABRAFATI, Aldo Gandolfi Jr. recebeu o título de Personalidade ABRAFATI, por sua relevante contribuição para o desenvolvimento da cadeia de tintas e da própria ABRAFATI.

Com sua personalidade dinâmica e seu interesse em sempre saber mais, Aldo ocupou papel de destaque no processo de crescimento da Montana Química, à qual dedicou 47 anos de sua vida, levando-a a se tornar uma empresa conhecida e respeitada no mercado, por seus produtos e sua capacidade técnica.

Sua postura colaborativa e o valor que atribuía à participação em entidades de classe fizeram com tivesse forte atuação em diversos projetos e discussões no setor de tintas, em especial naqueles ligados à sustentabilidade, tema que sempre lhe foi caro.

Como membro do Conselho Diretivo da ABRAFATI, foi fundamental para a ampliação da representatividade da associação e trouxe para os debates uma visão diferenciada, fruto de sua ampla vivência em iniciativas nas áreas da madeira e química.

“A homenagem é justa e merecida. Possuindo uma especial habilidade para o relacionamento com as pessoas e colocando sua ampla bagagem de conhecimentos e experiências a serviço da cadeia de tintas, Aldo Gandolfi Jr. deu uma valiosa contribuição para que avançássemos e para que continuemos avançando no rumo do desenvolvimento setorial sustentável”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

Já está no ar a versão em inglês da Revista ABRAFATI 101

Edição mostra análises e previsões sobre 2015.

Com um resumo das principais matérias da edição em português, a nova edição da Revista ABRAFATI em inglês já pode ser acessada no site da ABRAFATI.

A edição mostra como o próximo ano será difícil, com um cenário adverso e uma série de desafios a enfrentar. Revela, ainda, que a retomada do crescimento será lenta, mas a visão dos principais analistas é a de que o País tem um enorme potencial e precisa apenas de um direcionamento correto para que possa avançar.

Outro importante tema destacado na revista é o papel cada vez mais essencial ocupado pela sustentabilidade na estratégia da indústria de tintas. Além disso, a ABRAFATI 2015 é objeto de uma matéria especial, mostrando como o evento criará clima favorável aos negócios, na opinião dos expositores.

Prêmio ABRAFATI reconhece trabalhos de alto nível técnico

Entregue no último dia 10 de dezembro, o 16° Prêmio ABRAFATI de Ciência em Tintas teve como destaque três estudos que confirmam o direcionamento que vem sendo dado à pesquisa e à inovação tecnológica no setor: a temática central é a busca da sustentabilidade.

O primeiro lugar foi conquistado por um grupo de pesquisadores do Departamento de Química da Universidade do Centro-Oeste do Paraná, com um trabalho sobre aluminatos coloridos atóxicos baseados em polissacarídeo. A autora principal é Mariane Dalpasquale, tendo como coautores Filipe Quadros Mariani e Marcelo Muller, e como orientadores os professores Eryza Guimarães de Castro e Fauze Jacó Anaissi.

Marcelo Augusto Gonçalves Bardi e sua orientadora, a professora doutora Luci Diva Brocardo Machado, ambos do IPEN – Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares, classificaram-se em segundo lugar, com um estudo da biodegradação de tintas gráficas aplicadas em plásticos, curadas por radiação ultravioleta ou feixe de elétrons.

Em terceiro lugar ficou Manuel Julimar Lopes, da empresa SJD Rastreabilidade e Manutenção de Instrumental Cirúrgico, cuja pesquisa focou no uso de amino-silano como único agente de curas em tintas epóxi de alta resistência química, resultando em redução de riscos ambientais e melhora de saúde ocupacional.

“Recebemos um conjunto de trabalhos de muito bom nível, que mostram que há muita pesquisa relevante relacionada às tintas sendo desenvolvida no País, tanto nas instituições acadêmicas como na indústria. Isso é essencial para o desenvolvimento científico e tecnológico do nosso setor, levando a avanços e inovações que têm forte ligação com a nossa estratégia de priorizar a sustentabilidade”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

Revista ABRAFATI 101 traz análise dos cenários para 2015

A edição de dezembro de 2014 da Revista ABRAFATI mostra que o próximo ano será difícil, com um cenário adverso e uma série de desafios a enfrentar. Alguns ajustes já foram anunciados, mas persistem as incertezas em relação à sua profundidade e ao ritmo em que serão implementados. Ao mesmo tempo, o desempenho das principais economias globais segue sendo uma incógnita. A retomada do crescimento será lenta, mas a visão dos principais analistas é a de que o País tem um enorme potencial e precisa apenas de um direcionamento correto para que possa avançar.

Outros temas destacados na edição 101:

• A sustentabilidade ocupará papel cada vez mais essencial na estratégia da indústria de tintas e, juntamente com outras megatrends, já está moldando o mercado do futuro. Existe preocupação com a conjuntura atual, mas em relação aos próximos anos a visão é otimista, a partir da avaliação do potencial do mercado.

• Motor do crescimento econômico nos anos recentes, a cadeia de construção deverá continuar ocupando papel de destaque nas estratégias do governo. A expectativa é de aumento do investimento público e privado, assim como de recuperação do nível de confiança do consumidor. Em 2014 os resultados não foram tão positivos, mas acredita-se em dias melhores no médio e longo prazos.

• A ABRAFATI 2015 criará clima favorável aos negócios, na opinião dos expositores, que enxergam o evento como essencial para abrir novas oportunidades e estimular o desenvolvimento tecnológico.