Pular para o conteúdo

Desoneração da folha de pagamento da indústria de tintas será permanente

Decisão foi anunciada ontem pelo governo e representa um importante benefício para o setor.

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou ontem (27 de maio) que será permanente a desoneração da folha de pagamento dos 56 setores atualmente contemplados, entre os quais a indústria de tintas.

A ABRAFATI participou das discussões sobre o tema e apresentou um pleito para a perenização desse benefício, que está em vigor desde o início de 2013 e terminaria em 31 de dezembro próximo.

A medida ainda será oficializada pelo governo, que acredita não ser difícil aprová-la no Congresso Nacional. Segundo o ministro, nos próximos anos a desoneração pode ser estendida a outros setores.

“É uma decisão importante para a indústria de tintas, que contribui para a sua competitividade. Estimamos que essa desoneração represente uma economia anual de cerca de US$ 20 milhões para o setor. Além disso, traz como vantagem a transformação de uma despesa fixa em despesa variável, que cresce ou se reduz de acordo com o faturamento”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

Revista ABRAFATI 99 mostra os efeitos da Copa no setor

Já saiu a edição de maio da Revista ABRAFATI, que tem como tema principal a Copa do Mundo.

A matéria de capa revela que a Copa permitiu que a cadeia de tintas mostrasse a sua força e a sua capacitação para fornecer soluções inovadoras para as obras de estádios e de outras instalações associadas à realização desse megaevento esportivo. Ao mesmo tempo, abriu inúmeras outras oportunidades de negócios para as empresas e reafirmou a imagem das tintas como produtos que proporcionam importantes melhorias, em termos de embelezamento, proteção e renovação.

Outros importantes temas estão em destaque na edição:

  • A ABRAFATI 2015, que se realiza em outubro do próximo ano, e já mobiliza as atenções da cadeia produtiva. As empresas interessadas em expor suas inovações e os profissionais que desejam compartilhar suas mais recentes pesquisas começaram a se preparar para ocupar espaços de destaque no pavilhão do Transamerica Expo e na programação científica.
  • O importante trabalho voltado para a melhoria da qualidade e a busca da sustentabilidade nas tintas de repintura automotiva, que foi iniciado recentemente. Reunidos no Comitê de Tintas da ABNT, especialistas estão discutindo os caminhos para que esse mercado evolua e alcance um novo patamar
  • O lançamento da edição 2014 do Prêmio ABRAFATI de Ciência em Tintas, que busca incentivar a preparação de estudos inovadores e que priorizem a sustentabilidade em sua temática. Ao longo das 15 edições já realizadas, mais de 50 pesquisadores foram reconhecidos por trabalhos que representam uma contribuição inestimável para o desenvolvimento tecnológico do setor.

A revista está disponível na íntegra neste site, na seção Publicações.

ABRAFATI inicia programa de melhoria de qualidade e de sustentabilidade da repintura automotiva

Especialistas participam do Comitê de Tintas da ABNT.

O aprimoramento das tintas de repintura automotiva e dos processos utilizados para a sua aplicação ganhou um importante aliado. No dia 17 de abril, em reunião realizada no Senai Mario Amato, foi instalada a Comissão de Estudos de Tintas para Repintura Automotiva (CE-164:003.01) dentro do CB-164, o Comitê de Tintas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

O foco inicial do trabalho será o estabelecimento de parâmetros para eliminar os metais pesados nas tintas de repintura automotiva, a partir de metodologias internacionais como ISO e ASTM e de estudos desenvolvidos pelo IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas). Tomando como base a diretiva europeia ROHS/2011/65/EU, a Comissão estabelecerá os limites máximos desses metais nas tintas. Em seguida, também tratará da normatização da presença de VOCs (compostos orgânicos voláteis) nessas tintas.

Mostrando a mobilização da cadeia produtiva de repintura automotiva, a reunião de instalação contou com a participação de vários fabricantes de tintas, fornecedores da indústria, revendedores e oficinas mecânicas, assim como de representantes de instituições de ensino e pesquisa. Na ocasião, foram discutidos e aprovados a agenda e o plano de trabalho da comissão para 2014, sendo eleitos Nelson Gimenez, da AkzoNobel, como coordenador da Comissão e Fábio Rosa, da Oxiteno, como secretário.

“É um passo muito importante para que esse segmento atinja os mais avançados padrões em termos de qualidade e sustentabilidade. Acreditamos que, da mesma forma que ocorreu com as tintas imobiliárias, o mercado de tintas de repintura automotiva evoluirá e alcançará um novo patamar, beneficiando o consumidor e contribuindo para o desenvolvimento setorial sustentável”, afirma Gisele Bonfim, gerente técnica da ABRAFATI e chefe de Secretaria do CB-164.

Novas regras para substituição tributária a partir de junho

Portaria altera percentual referente às tintas para vendas no Estado de São Paulo.

A partir de 1º de junho, passa a ser de 38% o percentual do MVA (margem de valor agregado) aplicado na substituição tributária nas saídas de tintas, vernizes e complementos destinados a estabelecimentos localizados no território paulista. Para corantes destinados à aplicação em bases, o percentual será elevado para 53%. Os novos percentuais estarão em vigor até 31/01/2016.

Essa decisão foi anunciada pela Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo por meio da Portaria CAT 52/2014, publicada no Diário Oficial do Estado em 30/04.

A medida não se aplica a mercadorias que se destinam a outros estados, que continuam com seus MVAs atuais, de 35% (para tintas, vernizes e complementos) e 50% (corantes).

“Em trabalho conjunto com o Sitivesp, apresentamos estudos e argumentos sólidos à Secretaria da Fazenda, que levaram a essa decisão, evitando onerar excessivamente a indústria de tintas. Também ficou estabelecido que, a partir de agora, as associações representativas do nosso setor contratarão pesquisas de preços, que orientarão a revisão periódica dos MVAs do Estado de São Paulo e poderão aumentá-los ou diminuí-los, refletindo as margens efetivamente praticadas pelos revendedores. A primeira dessas pesquisas será realizada em 2015, para entrada em vigor a partir de 01/02/2016”, explica Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

Encontro de Brigadas reforça capacitação do setor para lidar com situações de emergência

Atividade proporcionou importante intercâmbio de experiências e informações, contribuindo para o preparo dos profissionais.

No último dia 10 de maio, mais de 50 profissionais de empresas da cadeia de tintas participaram do IX Encontro ABRAFATI de Brigadas de Emergência. Foi mais uma oportunidade de reafirmar o compromisso do setor com a segurança e a prevenção, por meio de uma atividade que tem como principais focos a capacitação e a disseminação das melhores práticas.

Estiveram representadas Axalta, Bandeirante Química, BASF, Coim, Futura, Hydronorth, Nitroquímica, PPG e Reichhold, cujos brigadistas e coordenadores foram mesclados em oito equipes, que passaram por provas que simulam situações passíveis de acontecer em indústrias do setor. A configuração estabelecida permitiu que as diferentes experiências dos profissionais fossem compartilhadas, assim como o conhecimento de técnicas e procedimentos. Esse foi um dos aspectos destacados pelos participantes, que se mostraram animados com a possibilidade de levar sugestões de melhorias para suas empresas.

Juntamente com esse rico intercâmbio, a participação de profissionais do Corpo de Bombeiros na avaliação do desempenho das equipes foi essencial para trazer informações e recomendações que resultarão no aperfeiçoamento das técnicas utilizadas pelas Brigadas.

“O Encontro contribui para que os brigadistas se mantenham sempre preparados para a prevenção e, se necessário, para a atuação em situações reais de emergência. Ao mesmo tempo, fortalece a conscientização e o comprometimento de profissionais e empresas em relação à prioridade que o tema deve ter em seu dia a dia e em suas estratégias”, afirma Gisele Bonfim, gerente técnica e de Assuntos Ambientais da ABRAFATI.