Pular para o conteúdo

Curso de Tintas da ABRAFATI: nova turma em março

Estão abertas as inscrições para a primeira edição de 2014, que é uma importante oportunidade para profissionais do setor ampliarem seus conhecimentos técnicos.

Gestores, técnicos e outros profissionais das empresas da cadeia de tintas já podem se inscrever para participar do Curso de Tecnologia em Tintas da ABRAFATI. Uma nova turma se inicia em 10 de março, possibilitando obter, em poucas semanas, um aprendizado consistente e uma reciclagem de conhecimentos fundamentais.

Com carga horária de 60 horas de aulas teóricas, realizadas no período noturno, e 40 horas de aulas práticas (aos sábados em período integral), o curso oferece conteúdo atualizado e aprofundado, dentro de um programa feito sob medida para a realidade brasileira, que abrange matérias-primas, processos, produtos e aplicações de tintas.

Concebido pelo Dr. Jorge Fazenda, responsável por ministrar parte das aulas, o curso conta com a participação de especialistas reconhecidos, que utilizam a sua experiência no setor para explicar a aplicação prática dos conteúdos.

“Juntamente com a disseminação de conhecimento, o curso proporciona uma rica interação entre os profissionais, estimulando o intercâmbio de informações e o networking. Por isso, é considerado prioridade por muitas empresas em suas estratégias ligadas à capacitação de suas equipes”, afirma Telma Florêncio, diretora de Eventos Corporativos da ABRAFATI.

Extinto o processo antidumping – Resina Epóxi

 

A Dow Sudeste Industrial Ltda., peticionária do processo Antidumping – Resina Epóxi, solicitou ao secretário de Comércio Exterior do Ministério do Desenvolvimento Indústria e Comércio Exterior (MDIC) que encerrasse a investigação para averiguar a existência de dumping nas exportações de resina epóxi líquida para o Brasil. Com isso, o processo de investigação está, para todos os efeitos, extinto.

A decisão foi registrada na Circular no 80 da SECEX, de 30 de dezembro de 2013, e reflete os intensos esforços feitos pelo setor de tintas para evitar a adoção de tal medida.

“Esse posicionamento da Dow vem ao encontro dos anseios da ABRAFATI e das indústrias de tintas, evitando possíveis ônus na cadeia produtiva, principalmente para importantes áreas da atividade econômica, usuárias de tintas, como a indústria automobilística e os projetos de infraestrutura, a manutenção industrial e os segmentos marítimos”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.