Pular para o conteúdo

Sessões Plenárias: informações e análises muito exclusivas

Importantes personalidades reconhecem o grande progresso alcançado pelas tintas e visualizam futuro com alto potencial.

Um dos pontos altos da ABRAFATI 2013 foram as quatro sessões plenárias, mostrando as ideias e reflexões de importantes especialistas sobre as perspectivas do setor e da economia, assim como sobre as inovações e as tendências tecnológicas.

Antonio Carlos Lacerda, presidente do Conselho Diretivo da ABRAFATI e vice-presidente sênior da BASF para a América do Sul, destacou o enorme potencial para o crescimento das vendas de tintas no Brasil, apontando a importância de dar atenção a temas como sustentabilidade, funcionalidades, qualidade, relação custo/benefício e uso das cores, essenciais do ponto de vista da evolução do mercado e das exigências do consumidor.

Analisando as megatendências que afetam o mercado de tintas e as inovações tecnológicas que estão associadas a elas, Anna Paula Dacar, diretora de Negócios da Dow Coating Materials para a América Latina, destacou os três pilares atuais da inovação: sustentabilidade, desempenho e maior funcionalidade. Por sua vez, Bob Mussell, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento para Revestimentos Industriais e Funcionais da empresa, detalhou os principais focos da inovação nas tintas, como aumento do poder de cobertura, baixos índices de VOCs, aditivos funcionais, novas famílias químicas de alta performance e redução do custo de aplicação.

O professor Jamil Baghdachi, do Coatings Research Institute da Eastern Michigan University, assegurou que é possível usar o conhecimento já existente para inovar e avançar nas tecnologias emergentes, que respondem a três desafios complexos e combinados: a competição global, as exigências ligadas à sustentabilidade e a busca da multifuncionalidade associada a valor agregado e eficiência.

Já o ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, analisou os cenários e desafios que o Brasil tem de enfrentar, como parte da dinâmica da economia global. Ele avaliou o panorama geral como mais animador, mas vê dificuldades para países emergentes, o que pode ser uma ótima oportunidade para o País realizar as reformas estruturais necessárias, investindo em infraestrutura, produtividade e educação.

“Tivemos um grupo de especialistas de altíssimo nível nas sessões plenárias, que disponibilizaram um conteúdo muito valioso ao amplo público que as assistiu. Foram apresentações que se complementaram e permitiram ter uma visão abrangente do modo como já estamos construindo a tinta do futuro e dos impactos da economia globalizada nos rumos do nosso setor”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

ABRAFATI 2013 impulsiona negócios e desenvolvimento tecnológico

Foram três dias de atividade intensa, que permitiram conhecer as inovações e as pesquisas que estão mudando as tintas atuais.

Com a presença de 270 fornecedores, mostrando uma ampla gama de soluções para a indústria de tintas, a Exposição criou um clima de forte motivação para os negócios. Milhares de profissionais qualificados puderam conhecer aquilo que existe de mais avançado em termos de matérias-primas, processos, produtos, tecnologias e equipamentos, abrindo inúmeras oportunidades para que a indústria de tintas se torne cada vez mais inovadora e sustentável. Nos estandes e nos corredores, estabeleceu-se um espaço ideal para as negociações, os debates sobre trabalhos conjuntos, as trocas de informações e o estreitamento de relações, que impulsionarão o crescimento de toda a cadeia de tintas.

Ao mesmo tempo, no Congresso, a programação de altíssimo nível proporcionou uma visão panorâmica e muito consistente sobre as inovações e tendências. Os principais especialistas internacionais compartilharam com o público seus estudos mais recentes com foco nas principais características que as tintas precisam, cada vez mais, incorporar: sustentabilidade, multifuncionalidade, alta performance e ótima relação custo/benefício.

Somando-se às 72 conferências do Congresso, a programação técnica foi enriquecida pela Sessão Pôster e pelo seminário sobre cura por radiação promovido em conjunto com a RadTech South America, que trouxeram uma importante contribuição para o debate e a disseminação de informações fundamentais para a cadeia.

Estimulando a reflexão sobre o presente e o futuro da cadeia produtiva e trazendo análises originais e abrangentes sobre os principais temas discutidos na ABRAFATI 2013, as quatro sessões plenárias foram outro ponto alto do evento.

“A ABRAFATI 2013 mostrou o perfil inovador do nosso setor e confirmou o imenso potencial existente para o crescimento, tendo a sustentabilidade como norte. Os participantes saíram satisfeitos com o evento e com as oportunidades de obter novos conhecimentos, encontrar respostas para os novos desafios, estreitar relacionamentos e fazer negócios”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

Sessão Pôster enriquecerá programação com estudos inovadores

Inovações em matérias-primas e processos estarão em destaque, com foco na sustentabilidade e eficiência.

Ampliando a oferta de conteúdo de qualidade na ABRAFATI 2013, serão apresentados 45 trabalhos na Sessão Pôster. São estudos de alto nível, que abordam temas relevantes para a cadeia de tintas, em que se destacam inovações tecnológicas que apontam caminhos para a tinta do futuro.

Estarão em destaque as matérias-primas biorrenováveis, assim como resinas e aditivos de última geração, que otimizam propriedades das tintas e as tornam mais sustentáveis. Processos de produção mais eficientes e mais limpos também fazem parte da extensa programação.

A preocupação com a redução dos níveis de emissão de VOCs (compostos orgânicos voláteis) ou com a sua eliminação é outro tema que seguirá em forte evidência, sendo tratado por vários pesquisadores.

Da mesma forma, as tintas para utilização na indústria, especialmente as anticorrosivas, ocupam espaço destacado na Sessão Pôster, com diversos trabalhos de especialistas nacionais e internacionais.

“Os estudos apresentados sob a forma de pôster vêm ganhando importância a cada edição do Congresso. Este ano, eles ficarão em local privilegiado, para permitir que mais interessados tenham acesso ao seu valioso conteúdo e possam interagir com seus autores”, afirma Telma Florêncio, coordenadora da ABRAFATI 2013.

Para saber mais ou se inscrever, clique aqui.

Norma para vernizes torna mercado mais ordenado

Produtos precisam atender a requisitos estabelecidos para estar em conformidade.

Uma mudança significativa no mercado de vernizes de uso interior foi completada no último dia 02 de setembro, quando a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) publicou a norma NBR 16211:2013, que especifica os requisitos mínimos de desempenho desses produtos, anteriormente conhecidos no mercado como vernizes copal.

A norma, que entra em vigor no próximo dia 02 de outubro, é especialmente importante por ser uma norma de especificação, estabelecendo que os vernizes de uso interior devem ter um teor de sólidos de no mínimo 40%, um tempo de secagem máximo de 12 horas e brilho mínimo de 80 UBs (unidades de brilho). Além disso, torna-se obrigatório estampar na face principal da embalagem a expressão “Uso Interior” ou a palavra “Interior”.

“Essa norma representa mais uma contribuição para o ordenamento do mercado de tintas imobiliárias. O consumidor será beneficiado, podendo identificar claramente os vernizes que se destinam ao uso interior e têm qualidade reconhecida, sabendo exatamente o resultado que pode esperar de sua aplicação”, afirma Gisele Bonfim, gerente técnica e de Assuntos Ambientais da ABRAFATI.

“É importante destacar que os vernizes de uso interior oferecidos pelos fabricantes que participam do PSQ Tintas Imobiliárias já atendem aos requisitos da nova norma e representam um percentual superior a 85% do total do mercado”, destaca Gisele Bonfim.

Especialistas da Dow avaliarão perspectivas e dinâmicas globais da indústria de tintas

Na Sessão Plenária do dia 17/09, Anna Paula Dacar e Bob Mussell apresentarão uma visão abrangente sobre as tendências e as tecnologias que já estão contribuindo para rápidas mudanças no mercado.

Dois executivos da Dow Coating Materials serão os responsáveis pela Sessão Plenária que abre a programação do segundo dia da ABRAFATI 2013: Anna Paula Dacar, diretora de Negócios na América Latina, e Bob Mussell, diretor global de Pesquisa e Desenvolvimento para Revestimentos Industriais e Funcionais.

Com conhecimentos e experiências complementares, a participação de ambos permitirá visualizar as perspectivas relacionadas aos mais diversos aspectos dos negócios e da tecnologia.

Com um histórico de sucesso em traduzir as necessidades e tendências da região em uma estratégia robusta, Anna Paula Dacar apresentará o panorama atual e futuro do setor, assim como as dinâmicas que estão levando à sua transformação. Engenheira química e mestre em Administração de Empresas com extensão em Negócios Internacionais pela Universidade de

Illinois, ela alia essa sólida formação acadêmica a uma carreira brilhante que inclui a liderança das áreas de Supply Chain, Logística e Compras na Dow e na Rohm and Haas – que a levou a ser reconhecida com o Prêmio Phoebe Haas em 2009, como modelo no papel de Liderança Feminina na América Latina.

Por sua vez, Bob Mussell abordará as tecnologias e tendências futuras para as tintas arquitetônicas e industriais. Graduado em Química, com doutorado em Química Inorgânica pela Michigan State University, ele utilizará o conhecimento que acumulou em seus estudos e ao longo dos 25 anos em que atua na área de pesquisa e desenvolvimento na Dow, onde participou de inúmeros projetos que levaram a inovações de destaque.

“Será uma Sessão Plenária de alto valor para as lideranças da cadeia de tintas, proporcionando uma visão ampla e de forte credibilidade sobre a tinta do futuro”, afirma Dilson Ferreira presidente-executivo da ABRAFATI.

Para informações adicionais sobre a ABRAFATI 2013, clique aqui.

 

Novas tecnologias em polímeros e tintas serão tema do professor Jamil Baghdachi em Sessão Plenária

Considerado um dos principais especialistas mundiais no tema, palestrante mostrará para onde caminham a pesquisa e o desenvolvimento na cadeia de tintas.

Diretor do prestigiado Coatings Research Institute, da Eastern Michigan University (EUA), onde também ministra cursos sobre Polímeros e Tintas, o professor Jamil Baghdachi será uma das atrações especiais da ABRAFATI 2013.

O especialista apresentará, na Sessão Plenária do dia 18 de setembro, uma palestra sobre as Tecnologias Emergentes em Polímeros e Tintas.

Com uma visão privilegiada das tendências e das inovações na ciência, ele está desde 1997 no Coatings Research Institute, tendo atuado antes, por 22 anos, em funções técnicas e gerenciais na BASF, DuPont e ARCO Chemical Company. Ph.D. em Química pela University of Mississippi, é autor de 6 livros técnicos e de dezenas de papers sobre as suas áreas de especialidade, além de deter 44 patentes.

“As tecnologias de tintas já alcançaram certa maturidade. No entanto, novos desafios surgiram. A indústria está sendo impactada por três grandes fatores: a economia global, as exigências da sustentabilidade e a necessidade de ter materiais com qualidade e multifuncionalidade. Para ter sucesso em um ambiente cada vez mais competitivo, os fornecedores precisam focar na inovação e em um de seus instrumentos chave, as tecnologias emergentes. Minha apresentação discutirá a ciência e a tecnologia desses materiais, seus caminhos atuais e as tendências globais em termos de pesquisa e desenvolvimento”, explica.

Para informações adicionais sobre a ABRAFATI 2013, clique aqui.

Antonio Carlos Lacerda falará sobre tendências e cenários para as tintas

Antonio Carlos Lacerda falará sobre tendências e cenários para as tintas
Na Sessão Plenária que abrirá a ABRAFATI 2013, serão destacadas as transformações que o mercado e o produto devem sofrer, para atender às novas demandas da sociedade.

Presidente do Conselho Diretivo da ABRAFATI e vice-presidente sênior da BASF para a América do Sul, Antonio Carlos Lacerda será o palestrante da Sessão Plenária que abrirá oficialmente o Congresso Internacional de Tintas.

Ele apresentará a sua visão do cenário futuro da cadeia de tintas no Brasil e na América do Sul, com relação às oportunidades, além de uma série de insights sobre os desafios a serem enfrentados e superados.

“Existe um forte potencial para o crescimento do mercado, que pode dobrar de tamanho nos próximos 10 anos. Mas é preciso refletir sobre como será a tinta do futuro, prestando atenção às demandas dos usuários e da sociedade. A sustentabilidade, entendida de forma ampla, terá papel crucial nas definições relacionadas ao futuro da indústria de tintas. Outros aspectos também precisam ser levados em conta, pela crescente influência que têm na utilização e na imagem das tintas como produto. É o caso, por exemplo, dos benefícios que as tintas agregam e da sua facilidade de aplicação”, afirma Lacerda.

Para informações adicionais sobre a ABRAFATI 2013, clique aqui.

Henrique Meirelles falará sobre perspectivas da economia em Sessão Plenária

Ex-presidente do Banco Central será um dos principais destaques do Congresso.

Personalidade de extrema credibilidade no cenário nacional, Henrique Meirelles será um dos palestrantes de impacto da ABRAFATI 2013. Sua apresentação sobre o panorama econômico brasileiro e as perspectivas para 2014 fechará com chave de ouro a programação do dia 16 de setembro.

Tendo ocupado durante quase oito anos um dos postos mais importantes do governo brasileiro, Meirelles têm condições privilegiadas para analisar a conjuntura atual e os cenários futuros.
Na Presidência do Banco Central, entre 2003 e 2010, ele foi responsável pela condução da política econômica do País, inclusive no período da crise internacional de 2008. Somados à essa experiência, estão o profundo conhecimento que possui do universo empresarial e sua sólida formação. Graduado em Engenharia, com mestrado em Administração, fez uma carreira de sucesso no setor financeiro, tendo alcançado o cargo de presidente mundial do BankBoston. Depois de sua bem avaliada passagem pelo governo brasileiro, está agora à frente da holding J&F, que controla, entre outros negócios, o frigorífico JBS Friboi.

“Henrique Meirelles trará uma enorme contribuição para a ABRAFATI 2013, analisando o complexo momento que estamos vivendo e traçando os cenários para a economia brasileira. Sua avaliação da conjuntura e das perspectivas futuras ajudará os empresários a planejar melhor as suas estratégias para os próximos anos”, diz Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

Para informações adicionais sobre a ABRAFATI 2013, clique aqui.