Pular para o conteúdo

Estudos inovadores em destaque na ABRAFATI 2013

Mais de uma centena de trabalhos de especialistas de todo o mundo serão apresentados no 13º Congresso Internacional de Tintas.

Está definida e pode ser consultada no website do evento a programação de alto nível do 13º Congresso Internacional de Tintas, que se realiza de 16 a 18 de setembro como parte da ABRAFATI 2013.

Serão 72 palestras ao longo dos três dias, além de mais de 50 trabalhos mostrados na Sessão Pôster e apresentações de especialistas conceituados nas 4 Sessões Plenárias, permitindo uma visão panorâmica sobre os rumos atuais e futuros da cadeia de tintas. O Seminário ABRAFATI-RadTech, composto por um painel e 11 palestras, será mais uma atração de peso, em função da crescente importância do sistema de cura por radiação para os avanços tecnológicos do setor.

Pesquisas e desenvolvimentos recentes de caráter inovador estarão em grande destaque, envolvendo os mais variados aspectos relacionados à formulação, à produção e à aplicação das tintas, alinhados à tendência de focar em produtos e processos cada vez mais amigáveis ao meio ambiente e que permitam oferecer respostas às necessidades da sociedade e do mercado.

“A sustentabilidade é um tema chave no evento e os trabalhos refletem isso. Entre os grandes drivers da pesquisa atual relacionada às tintas, podem ser destacadas a redução de VOCs e as inovações nos sistemas base água, que aparecem em inúmeros estudos”, afirma Jorge Fazenda, consultor científico da ABRAFATI, lembrando ainda que as aplicações da nanotecnologia seguem sendo outra importante vertente do trabalho dos profissionais que se dedicam a pensar e viabilizar a tinta do futuro.

Inscrição para o Congresso e o credenciamento para visitação devem ser feitos online

Profissionais interessados em assistir às palestras do 13º Congresso Internacional de Tintas podem se inscrever no site www.abrafati2013.com.br. A programação de palestras também pode ser consultada online, assim como informações gerais sobre o evento.  Como na edição anterior, será possível se inscrever para todo o Congresso ou para apenas 1 ou 2 dias. Quem fizer a inscrição antecipada garante descontos.

O processo de credenciamento para a visitação à Exposição também está aberto, no mesmo site, bastando preencher o formulário online. A entrada é gratuita para quem efetuar o credenciamento online antecipado.

Evento para revendedores de Goiânia reforça a importância da qualidade de tintas

ABRAFATI destacou o papel do varejo na luta para eliminar do mercado os produtos que não atendem aos requisitos mínimos de qualidade.

A ABRAFATI (Associação Brasileira dos Fabricantes de Tintas) promoveu no dia 20 de junho um encontro com as revendas de tintas de Goiânia e regiões vizinhas. Realizado pela segunda vez na cidade – a primeira foi em 2007 –, o evento teve como objetivo mostrar o que o setor de tintas vem fazendo em prol da qualidade do produto e, ao mesmo tempo, sensibilizar o varejo para o seu papel na disseminação de informações ao consumidor e na eliminação de produtos não conformes do mercado. O encontro aconteceu na Churrascaria Montana Grill, com a presença de cerca de 100 proprietários e gerentes de revendas de tintas e de materiais de construção da região.

A programação envolveu uma palestra de Gisele Bonfim, gerente técnica da ABRAFATI, sobre Qualidade no Ponto de Venda, uma sessão de perguntas e um jantar de confraternização. “Apresentamos os resultados do Programa Setorial da Qualidade – Tintas Imobiliárias e os benefícios que traz para todo o mercado e para o consumidor”, explica Gisele, destacando que, em uma década, esse Programa fez com que 90% do volume de tintas imobiliárias vendidas no Brasil atendesse aos requisitos mínimos de qualidade, estabelecidos em normas técnicas. “Temos conquistado crescente apoio dos revendedores para esse movimento em prol da qualidade das tintas. Com isso, restringe-se o espaço para a venda de produtos não conformes, que, segundo o Código de Defesa do Consumidor, não podem ser oferecidos ao mercado, por se tratarem de produtos impróprios e inadequados ao consumo”, acrescenta.

Alíquota do imposto de importação de dióxido de titânio é reduzida

Resultado de ação da ABRAFATI, medida havia sido aprovada no início de maio no âmbito do Mercosul.

No último dia 29 de maio, foi publicada a Resolução nº 38 da Camex (Câmara de Comércio Exterior), que confirmou a decisão de reduzir a alíquota de importação do dióxido de titânio (TiO2) de 12% para 2%. A medida havia sido aprovada em 08 de maio pela Comissão de Comércio do Mercosul, mas precisava ser oficializada pelo governo brasileiro, o que ocorreu agora.

Essa desoneração vale por seis meses, para uma cota de 47 mil toneladas do produto, estando em vigor desde a publicação da resolução.

A medida foi defendida pela ABRAFATI, que sensibilizou o governo com o argumento de que se trata de num pigmento essencial para a indústria de tintas, cuja produção local é insuficiente para atender à demanda no País. “A redução do imposto contribui para a competitividade das tintas, indispensáveis em projetos que alavancam o desenvolvimento brasileiro, como o Minha Casa, Minha Vida e as grandes obras de infraestrutura”, afirma Dilson Ferreira, presidente-executivo da ABRAFATI.

A ABRAFATI pleiteará uma nova cota para entrar em vigor tão logo a atual tenha sido utilizada.