#

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipisicing elit. Tempora in, sunt illum dolore, dolor vel perferendis nisi, sequi laudantium, porro blanditiis voluptatem iure minus. Excepturi quod repellat debitis, quasi mollitia.

ABRAFATI -




A Abrafati

Menu Institucional:

Linha do tempo

1985

Fundação da ABRAFATI, no dia 15 de julho, por seis fabricantes de tintas

1986

Instalação das primeiras Comissões de trabalho, reunindo profissionais das empresas associadas. As Comissões Jurídica e Técnica mantêm-se em operação até hoje.

1987

Criação do o Prêmio ABRAFATI de Ciência em Tintas, para estimular a pesquisa e o desenvolvimento tecnológico.

1988

Implantação do Curso de Tintas, pioneiro no Brasil.

1989

Primeira edição do Congresso Internacional de Tintas, com 800 participantes. Paralelamente, ocorreu a Exposição de Fornecedores, com 33 empresas presentes.

Lançamento do livro “A indústria de tintas no Brasil – cem anos de cor e história”.

1990

Segunda edição do Curso de Tintas, com programa ampliado e 1.150 páginas de apostilas.

1991

Ampliação do Congresso e da Exposição, com mudança para o Pavilhão de Exposições do Anhembi, em função do crescimento do evento e da necessidade de oferecer mais recursos aos participantes.

1992

Início do trabalho conjunto com a ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) para o desenvolvimento de normas para as tintas imobiliárias.

1993

Lançamento de Tintas e Vernizes – Ciência e Tecnologia, primeiro livro técnico sobre o tema no Brasil, que se tornou bibliografia indispensável.

1994

Atribuição do Prêmio Jabuti, o mais importante da indústria do livro no Brasil, a Tintas e Vernizes – Ciência e Tecnologia.

1995

Fortalecimento da presença de máquinas tintométricas nas revendas, iniciada timidamente alguns anos antes, refletindo-se no Congresso e na Exposição, onde inovações relacionadas a esse aspecto estiveram em destaque.

1996

Primeiro Seminário de Assuntos Ambientais em Indústrias de Tintas, evento voltado para disseminação de conhecimentos e práticas inovadoras na cadeia produtiva, que posteriormente agregaria segurança e saúde ocupacional ao seu escopo.

1997

Entrada no ar do website da ABRAFATI, que desde então vem sendo renovado e atualizado, apresentando uma visão institucional e informações confiáveis sobre o setor.

1998

Fortalecimento do processo de globalização da indústria de tintas no Brasil, com diversas aquisições de empresas nacionais.

1999

Lançamento das campanhas de Combate à Sonegação Fiscal na Venda de Tintas e a Falsificação em Máquinas Tintométricas, que se somaram às iniciativas de combate à não conformidade, iniciadas anos antes.

Realização do primeiro diagnóstico sobre o descarte de embalagens de tintas pós-consumo.

2000

Integração da ABRAFATI aos Fóruns de Competitividade da Construção Civil e da Indústria Automobilística, criados pelo Ministério do Desenvolvimento.

Realização do Encontro dos Fabricantes de Tintas, para discussão e atualização de informações sobre não conformidade técnica, sonegação e falsificação.

2001

Assinatura de convênio com o Senai Mario Amato para criação de laboratório especializado em tintas imobiliárias.

2002

Início do Programa Setorial da Qualidade – Tintas Imobiliárias, como parte do PBQPH (Programa Brasileiro de Qualidade e Produtividade no Habitat, do Ministério das Cidades). De lá para cá, mudou o panorama das tintas no País, graças ao impulso trazido para o aprimoramento dos produtos e o ordenamento do mercado.

2003

Criação da Sessão Pôster no Congresso Internacional de Tintas, possibilitando a ampliação do número de trabalhos técnicos apresentados no evento.

2004

Publicação da NBR 15079, a primeira norma técnica para tintas imobiliárias, que foi um divisor de águas no mercado, dotando o setor de critérios claros e científicos para avaliar a qualidade das tintas látex.

2005

Publicação do Código de Ética da ABRAFATI, que consolidou práticas e valores já seguidos pela entidade e se converteu em referência para a conduta de Associados e funcionários.

Criação do Encontro ABRAFATI de Brigadas de Emergência, voltado para a capacitação e o compartilhamento das melhores práticas em prevenção e segurança.

2006

Criação do Fórum ABRAFATI, evento anual para avaliação e discussão de cenários do setor, que passou ser fundamental para empresas e seus principais executivos definirem estratégias e projetos para os próximos anos.

Publicação da cartilha sobre destinação de resíduos de tintas nos canteiros de obras.

2007

Início de um período de forte crescimento do setor de construção, a partir da criação do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) pelo governo federal, que foi resultado do esforço conjunto da cadeia de construção para mostrar que seria o melhor motor para impulsionar o desenvolvimento econômico e social do País.

2008

Lançamento da primeira edição do livro Tintas Imobiliárias de Qualidade – Livro de Rótulos da ABRAFATI, que se tornou um catálogo de referência para as tintas de qualidade reconhecida.

2009

Criação do Programa Pintor Profissional ABRAFATI, voltado para a capacitação de pintores imobiliários e a valorização da profissão. Implantação concomitante do Cadastro Nacional de Pintores de Imóveis, que facilita a localização, na internet, de um profissional capacitado.

Lançamento do mote “Tinta do Futuro”, que desde então vem sendo o conceito central no Congresso e Exposição.

Criação do Seminário ABRAFATI-RadTech de Cura por Radiação, que passou a se realizar em todas as edições do Congresso.

2010

Ampliação oficial do escopo de atuação da ABRAFATI para representar toda a cadeia produtiva, com mudança no seu Estatuto para admitir a participação de fornecedores.

Definição do Desenvolvimento Setorial Sustentável como o objetivo central de sua atuação.

Realização no Brasil, pela 1ª vez, do Encontro Anual do IPPIC (International Paint and Printing Ink Council).

2011

Criação do Comitê de Tintas da ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), sob a liderança da ABRAFATI.

Lançamento da versão brasileira do Manual do Programa Coatings Care, com conteúdo adaptado à realidade e às necessidades brasileiras.

Criação da campanha Madeira de Verdade, para destacar os atributos da madeira e promover as diversas possibilidades de sua utilização.

Concepção e realização do 1º curso para preparar o setor para a implantação do sistema GHS.

2012

Apresentação das primeiras propostas de acordos setoriais do setor de embalagens (fabricantes e envasadores) para o atendimento às exigências da Política Nacional de Resíduos Sólidos, a partir das discussões e dos estudos realizados em conjunto com o governo e outros setores empresariais.

Publicação de cartilha sobre como evitar sobras de tintas e cuidar das embalagens vazias.

Criação da homenagem anual às Personalidades ABRAFATI.

2013

Inauguração do primeiro Centro Prolata Reciclagem, iniciativa pioneira para o atendimento às diretrizes da Política Nacional de Resíduos Sólidos, realizada em parceria com a ABEAÇO.

Realização de estudo técnico sobre Classificação de Embalagens de Tintas Imobiliárias, com escopo e metodologia definidos em conjunto com Ministério do Meio Ambiente e IBAMA.

Lançamento do novo website da ABRAFATI, totalmente reformulado para refletir a ampliação da atuação da entidade.

2014

Consolidação do fortalecimento da Sustentabilidade como elemento orientador da atuação da ABRAFATI, com a criação de um comitê especial no Conselho Diretivo e definição do tema como central na ABRAFATI 2015.

Lançamento de programa de melhoria de qualidade e de sustentabilidade da repintura automotiva, com a instalação de Comissão de Estudos sobre o tema no Comitê de Tintas da ABNT.

Publicação da edição no 100 da Revista ABRAFATI, que foi renovada e ganhou versões em inglês e também sua versão digital.